A linha

Lembra-se quando lhe disse para ficar do outro lado da linha? O mundo brigava sem mim. Enquanto, debulhava-me em lágrimas, todos gritavam e não entoavam meu nome. Meu andar tornou-se descompassado e em sentido inverso ao das outras pessoas; e as minhas palavras quando faladas não eram audíveis a mim nem a ninguém, logo, fique amuada e muda. Cessei a disputa que insistia dentro de mim.
Você fez tudo isso acontecer: transformou-me em descolorido atípico. E eu agora só quero permanecer desse outro lado da linha: em minha transparência colorida de verdades, sem fragilidades, ser percebida.
♪ “Ambos sabemos que acabou, fim da linha”
Jesse McCartney – It’s Over (tradução)
P.S.: Hoje, sem conto ou crônica, só algo íntimo.
Beijo pra quem é de beijo!

8 comentários:

  1. Amei teu blog. to te seguindo amor
    beeijos

    ResponderExcluir
  2. Quando enxergamos claramente a realidade mudamos a maneira de nos ver...

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Não tô inspirada pra fazer um comentário decente, mas adorei o post de hoje. Gosto muito do seu jeito de escrever. =)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Ótimoo!!!

    Obrigado pelos parabéns!!!
    Um bom domingo!ou resto dele!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei esse teu algo íntimo. Lindo!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Quando atravessamos esta linha é porque o fim chegou, melhor do que lutar em vão e aprender a colorir de novo, não só os dias mas a alma.

    ResponderExcluir
  7. Talvez pelo sono, ou porque já tô lendo blogs por aí a um tempo, não consegui entender o post pra fazer um coment decente.
    Amanhã, bem disposta e com os olhos bem abertos, eu volto.
    Espero que a lucidez volte também -]

    Beijo, Babi.

    ResponderExcluir

✖ Não faça propaganda de seu blog;
✖ Se discordou de algo, não publique comentários anônimos;
✖ Não é avisando que (per)segue meu blog que será recíproca;
✔ Retribuirei qualquer comentário se possuir blog;
✔ Estou aberta a críticas construtivas e a novas amizades...
♥ Desde já, agredeço sua opinião!