Pertencem a mim

Palavras não bastam para descrever o silêncio que habita em mim. Lá fora o vento gélido bate contra a janela e faz-me esmorecer. Nesse inverno o frio veio me aquecer, porque fico aqui acolhida entre meus lençóis a divagar. Se é que o tempo me permite sonhar...

Quem me vê assim pensa que sou apenas flagelo, por carregar cá dentro um caminhão de amor não correspondido, lágrimas por múltiplas infelicidades e saudades. Mas não se engane, sou pequena demais para querer sofrer demasiado. Decerto passei por grandes perdas, porém as dores amenizam. Ao querer ver as cicatrizes olha-me nos olhos e procure algo comparado à imensa neblina da aflição, não encontrará, pois o que lhe interessa está sob a superfície – meu olhar sempre a sorrir.

Por um desvario agora entrego-me às palavras; as deixo lerem meu pesar mesmo que pareçam sem sentido, sem vigor, sem beleza... Não me importo. São minhas e não as atire contra mim. Desfaço-me em pedaços após a queda, mas elas escutam o murmúrio do silêncio, o frio, o vazio e aquela sensação a qual não sei o nome passeando como fluído pelo meu corpo anestesiando a dor.

E o meu olhar continuará sorrindo e as palavras ainda me pertencerão, enquanto eu estiver caindo da altura de um prédio.
Que texto sem noção, quase que um desejo suicida. Mas eu li a tradução desse música que postei junto com o texto e fiquei ouvindo consecutivamente deu nisso. Mas algo aqui dentro precisava ser aliviado. Dessa vez participo do In Verbis. A outra história não vai ter continuação, não, meu povo. rs
Beijo pra quem é de beijo.

16 comentários:

  1. palavras não são o bastante, mas as vezes sim o suficiente.
    adoro palavras, nos movem ...

    ResponderExcluir
  2. Você tem me desarmado...
    O que posso dizer sobre esse texto fabuloso???
    Nada...
    Me faltam vocábulos...
    Só consigo dizer que amei!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. É. Estou aqui, com os lábios trêmulos. Fico pensando como você consegue esse desenho tão exato[?]. Gostei muito do texto. Achei-o incrível.

    O jogo de palavras, sensações, tudo muito bem desenhado, disposto, não sei nem como expor o que me transmitiu.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Uau ._.
    Lindo texto, nem sei o que dizer :/
    E ele não é sem noção ¬¬
    É muito bonito, envolvente, adorei.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Não achei o texto sem noçãao. Enfim, gosteei! *--* (to te seguindo!)

    ResponderExcluir
  6. Eu confesso que gosto de imagens assim: "E o meu olhar continuará sorrindo e as palavras ainda me pertencerão, enquanto eu estiver caindo da altura de um prédio. "

    In verbis: gosto bastante das coisas que você escreve!

    ResponderExcluir
  7. Achei esse texto tão Erica Ferro.

    Gostei!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Biazinha
    Que palavras tão bem colocadas. Não achei sem noção. A frase final gloriou o teu texto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Palavras! *-*
    Achei muito bom, viu, nada sem noção. :)

    :*

    ResponderExcluir
  10. Achei profundo e me senti defragmentar com suas palavras. Fiquei a pensar nelas que como quebram também constroem o quê o seu coração assim o desejar.
    Meu beijo Babi, ler-te é sempre enriquecedor !

    ResponderExcluir
  11. Que lindo esse texto! Amor correspondido as vezes é uma droga, ou melhor SEMPRE, mas mesmo assim não é o fim do mundo.

    Adorei a sua participação, boa sorte.
    xx

    ResponderExcluir
  12. POSSUO MEDO !
    Chefinha, você tá bem ?
    DGHASYDGASYDSYA, lendo esse texto lembrei da Hannah do livro os 13 porquês, que não consigo terminar de ler ... ¬¬
    ficou 10. beijos.

    ResponderExcluir
  13. palavras difíceis que dão conotação a um texto antigo!

    Mas que ficou muito, muito bom!

    Parabéns!

    OBG pela visita!

    Espero que o texto do projeto agrade!

    ^^

    ResponderExcluir
  14. Sabe que eu me senti dentro do blog da clara (doce histeria) agora? rs Ela que tem 'mania' de textos mórbidos assim.

    Mas, que saber? eu gosto! Eu gosto de extremos, eu sou extremos. Ou feliz ou triste, os dois não dá. Explodo!

    E, como sempre, vc escrevendo daquele jeito super chique que só vc sabe! Lindo, lindo!

    Boa sorte! Achei esse projeto bem organizado. :)

    ResponderExcluir
  15. Sabe somos concorrentes...aushauhs
    tb to participando desta edição do IN Verbis.o seu tah ótimo.
    :*

    ResponderExcluir
  16. Selinho par te no blog!

    1000000000000 de abraços!

    http://manuscritoperdido.blogspot.com

    Ps.: ainda não sei pra que isso serve mas tamos ae! hehehehe Sorry pela minha ignorância blog-virtual!

    ^^

    ResponderExcluir

✖ Não faça propaganda de seu blog;
✖ Se discordou de algo, não publique comentários anônimos;
✖ Não é avisando que (per)segue meu blog que será recíproca;
✔ Retribuirei qualquer comentário se possuir blog;
✔ Estou aberta a críticas construtivas e a novas amizades...
♥ Desde já, agredeço sua opinião!